Novidades

27 Abril, 2018
Grobocopatel na Cúpula Empresarial das Américas "não há outra região no planeta que tenha condições de fornecer alimentos, roupas e remédios"
O empresário argentino Gustavo Grobocopatel participou da Cúpula Empresarial das Américas, ocorrida dias atrás em Lima, capital do Peru. No final da reunião, a Casarense leu uma carta à qual o Portal El Toro acessou e que depois mostramos aos nossos leitores.

O texto da carta lido por Gustavo Grobocopatel argumenta que "Não há outra região no planeta que tenha as condições das Américas para fornecer os alimentos que serão demandados e as matérias-primas para construção, vestuário, medicamentos e outros usos múltiplos."

"Acreditamos que estamos no lugar certo - nas Américas - e em um setor e momento adequados, já que a demanda por nossos produtos crescerá em quantidade e qualidade durante as próximas décadas. Temos um compromisso com os habitantes deste mundo por sua provisão em tempo hábil", ele assina.

O rei da soja, como é conhecido no nosso país, disse que "empresários ligados ao mundo do agronegócio concordaram em um documento que reflete nossa visão, idéias e desafios de curto, médio e longo prazo, entendendo que a complexidade e profundidade exigem uma abordagem sistêmica que integre os setores público e privado e a sociedade como um todo".

"A região é uma ampla plataforma fotossintética que converte sol e água em múltiplos produtos que saem dos nossos vales, planícies, florestas, montanhas, mares e rios. Temos água abundante e barata, muito mais que o resto do planeta. Mas acima de tudo temos uma cultura de como cultivar, que vem da América ancestral e remota, adquirida e aprimorada por migrações recentes ", entusiasmou a Casarense, Gustavo Grobocopatel.

"Os empresários estão dispostos a liderar inovando, com esforço e criatividade, arriscando nosso capital. Para isso, precisamos de infraestrutura rígida e flexível. Também precisamos de instituições deste século e um Estado deste tempo: um Estado facilitador, um construtor de bens públicos, um Estado que aprende e muda permanentemente. Um Estado que conduz as transformações e as transforma em um feito coletivo ", concluiu um dos mais importantes empresários agrícolas da República Argentina.

No final da carta, ele diz: "Nestes tempos, o tempo não é neutro, você tem que fazer as coisas bem e você tem que fazê-las ... rápido. Estamos empenhados em fazê-las com transparência, integridade, construindo o futuro".

--
Fonte: Portal de Noticias “El Toro” (Argentina)
Tradução automática do espanhol.

Voltar