Novidades

11 Março, 2022
Quais são os benefícios fora do salário que as empresas tentam “apaixonar” talentos
Os funcionários hoje valorizam as novas possibilidades oferecidas pelo seu trabalho além do aspecto puramente econômico. Entre essas avaliações, o equilíbrio entre vida pessoal e trabalho aparece com força.

Nessa linha, os colaboradores hoje valorizam as novas possibilidades que seu trabalho lhes oferece para além do aspecto puramente econômico. Entre essas avaliações, o equilíbrio entre vida pessoal e trabalho aparece com força, não mais pensado como uma separação, mas como espaços mais flexíveis ou híbridos, participando de iniciativas de iniciação, sentindo-se parte dos projetos, tendo forte impacto nas tomadas de decisão e níveis de autonomia.

Sem dúvida, trata-se de colocar em jogo suas habilidades e principalmente “sentir que seu trabalho contribui para seu propósito pessoal”.

Considerando que o talento hoje abriu suas fronteiras para todo o mundo e a crise de oferta de talentos que existe em muitas áreas, é fundamental redesenhar a proposta de valor do funcionário. Foi assim que o salário emocional ganhou espaço.

A primeira linha de benefícios anda de mãos dadas com condições que melhoram o bem-estar dos funcionários da organização.

  • Benefícios em relação ao trabalho híbrido: Bônus de co-work para facilitar o trabalho remoto, políticas de trabalho flexíveis “o trabalhador escolhe dias de trabalho remoto na semana”, bônus de acesso à internet ou plataformas colaborativas de trabalho remoto.
  • Benefícios em relação à vida saudável: plano de entrega de alimentos, plano ampliado de alimentação vegetariana ou vegana no refeitório, bônus de acesso a academias ou outros espaços de lazer como canto, arte, etc. Dias de folga para eventos de impacto familiar, por exemplo, uma semana flexível para o retorno das crianças à escola.
  • Brindes de experiências para resgatar, entrega de cafés da manhã, kits para after office remoto ou acesso a experiências com desconto que o colaborador escolher, como ingressos de teatro, coquetel mood, spa em casa, etc.
  • Acesso gratuito a plataformas de conhecimento online com certificações com desconto.

Construir marca empregadora

Que o local de trabalho seja escolhido pelas pessoas, que elas consigam construir pertencimento e identidade em relação ao seu trabalho. Lucia Dellagiovanna, Gerente de Talentos da Los Grobo, nos diz que “a sensação de bem-estar e a experiência do colaborador ao longo de seu ciclo de vida na organização são proporcionais, com a capacidade de entregar e impactar os resultados do negócio”. Programas de empregabilidade como jovens profissionais são fundamentais para construir uma experiência de marca abrangente. Nessa linha, Cristian De Luca, especialista em employer branding e talento, enfatiza a valorização da experiência do colaborador desde os momentos que antecedem a entrada na organização, incluindo as fases de busca e seleção.

Nota completa em → perfil.com

Tradução automática do espanhol.

Voltar