Novidades

15 Janeiro, 2018
Ranking de Prestígio Empresarial
A edição de janeiro da Economic Press contém novamente o Ranking do Prestige, com mais de duas décadas de tradição e um mecanismo de medição único e inovador que permite medir reputação, pessoas, marcas e todos os aspectos da empresa, resultando em uma visão de 360º de as empresas.

Primeira edição do ano 2018 do Decano da revista argentina e da revista Prensa Económica, é claro com a seriedade e o rigor que caracterizam nossos relatórios exclusivos por 43 anos. O Ranking do Presente Empresarial analisa todas as variáveis ​​que uma empresa pode ter, de acordo com a avaliação dos principais gerentes, CEOs e líderes de opinião. Esta metodologia, criada por um dos pioneiros globais da neurociência aplicada, Néstor Braidot, não só fornece precisão em uma questão intangível, mas também é mais atual por ano pela multiplicidade de fatores e percepções que fazem a imagem de uma empresa para a sociedade.

Em 2018, esses líderes de opinião consideraram 10 atributos como os principais que definiram o Prestige de uma empresa.

ATRIBUTAS QUE DEFINIR O PRESTIGIO DE UMA COMPANHIA

1. Capacidade de adaptação ao meio ambiente (20,1%) *
2. Qualidade dos produtos / serviços (18,4%)
3. Solvência econômico-financeira (11%)
4. Imagem pública (9.8%)
5. Solvência da Equipe de Gestão (8,5%)
6. Qualidade dos recursos humanos (8,8%)
7. Estratégia de MKT e Comunicação (8,6%)
8. Responsabilidade social das empresas (5%)
9. Carteira da marca (3,6%)
10. Volume de faturamento (3.1%)

* Percentagem total de 1ª, 2ª e 3ª menções (presente na revista)

Finalmente, e tendo esses e outros atributos como parâmetros, o Top Ten do Ranking de 2018 do Prestige corporativo foi o seguinte:

CLASSIFICAÇÃO TOTAL:

1. ARCOR (100 pontos)
2. UNILEVER (83,24 pts)
3. COCA COLA (75,22 pts.)
4. QUILMES (73,57 pts)
5. TOYOTA (62,43 pts)
6. TECHINT (54,21 pts)
7. MASTELLONES HNOS. (52,38 pts)
8. VOLKSWAGEN (48,13 pts)
9. SANTANDER RÍO 42,81 pts)
10. BAGÓ (36,78 pts)

AGRONEGÓCIOS:

1. LOS GROBO
2. ACEITERA GRAL. DEHEZA
3. MOLINOS RIO DE LA PLATA
4. CARGILL
5. BUNGE
6. CRESUD
7. ADECOAGRO
8. NIDERA
9. MONSANTO
10. MOLINO CAÑUELAS

EMPRESÁRIOS MAIS PRESTIGIOSOS:

1. Luís Pagani (24,5%)
2. Paolo Rocca (17,9%)
3. Marcos Galperin (8,6%)
4. Marcelo Mindlin (5,7%)
5. Gustavo Grobocopatel (4%)
6. Eduardo Constantini (3,6%)
7. Eduardo Elztain (3,1%)
8. Martín Migoya (2,8%)
9. Enrique Cristofani (2%)
10. Sebastián Bagó (1,7%)

--
Fonte:
prensaeconomica.com.ar

Voltar